ual é o ritual na sua família quando alguém fica doente? Usar um termômetro, tomar remédios, fazer uma sopa ou chá, e usar um umidificador podem fazer parte da rotina.

Mas e a oração? Afinal, a cura foi uma peça central do ministério de Jesus, tendo Ele ordenado aos apóstolos que curassem os enfermos (Mc 16, 18). Ao fazer isso, Ele continuava uma antiga tradição de rogar a Deus pela cura dos enfermos. “Meu filho, se estiveres doente não te descuides de ti, mas ora ao Senhor, que te curará.” (Eclo 38, 9).

Então, não hesite em rezar pelas crianças quando elas estiverem doentes… ou em encorajá-las a rezar por outros familiares doentes. Se antecipe, guardando água benta no seu armário de remédios junto de uma oração pelos doentes. Você pode encontrar várias orações para bênçãos aos doentes em livros e na internet.

Ou ainda, faça sua própria oração espontânea, sob a inspiração do Espírito Santo. Ponha suas mãos sobre a pessoa doente, e considere abençoar ele ou ela com um pouco de água benta.

E se um familiar estiver gravemente doente, prestes a passar por uma cirurgia, ou em risco de morte, verifique em sua paróquia a possibilidade de ele ou ela receber o sacramento da Unção dos Enfermos. Antes conhecida como “extrema unção”, a Unção dos Enfermos “não é sacramento só dos que estão prestes a morrer”. (Catecismo da Igreja Católica, 1514)

Rezar pela cura 

Se você fizer da oração pelos doentes uma rotina, mais cedo ou mais tarde, seus filhos irão fazer algumas perguntas sobre este hábito. Aqui estão alguns pontos de discussão para partilhar com eles:

Por que Deus permite a doença? A doença é parte do mistério do mal. Não era parte do plano original de Deus para a humanidade, mas é uma das consequências do pecado original.

Por que rezamos pela cura? Porque Deus quer que o façamos, porque Deus quer o que é bom para nós, e porque Deus quer estar numa relação amorosa conosco. Apesar da enfermidade ser obra do mal, Deus pode usá-la para trazer algo bom quando nos voltarmos a Ele no momento de necessidade. Esse bem pode envolver uma cura física, mas também pode ser um simples fortalecimento de nosso relacionamento com Deus.

Por que Deus não responde sempre nossas orações, curando a pessoa doente? O porquê Deus não cura aqueles que pedem pela cura, é um mistério. O livro de Jó gasta páginas e páginas lutando com essa questão, e nós sabemos que Jesus não curou todos em Israel. Suas curas milagrosas foram um anúncio da chegada do Reino de Deus, que está presente na Igreja mas não plenamente cumprida. Quando estiver, não haverá mais doenças, nem mortes. (cf. Is 35, 5-6; 65, 19-20)

O que Deus pode trazer de bom com uma doença? Se permanecermos com Deus em oração quando estivermos doentes, mesmo que não sejamos imediatamente curados, Deus ainda pode trazer algo bom. Pode confirmar a fidelidade do justo, reparar o pecado ou levar a pessoa doente a uma conversão mais profunda. Além disso, pela sua união com Cristo, os cristãos podem unir seu sofrimento ao sofrimento de Cristo na cruz. Paulo escreve: “O que falta às tribulações de Cristo, completo na minha carne, por seu corpo que é a Igreja” (Cl 1, 24). Dessa forma, os cristãos podem participar do sofrimento redentor de Cristo.

Ainda temos que ir ao médico? Sim. A Igreja há muito ensina que parte do plano de Deus é que lutemos contra todas as formas do mal, incluindo doenças, usando os dons que Deus nos dá. É por isso que católicos fundaram tantos hospitais e postos de saúde!

_____________

Autor: Jerry Windley-Daoust

Fonte: Teaching Catholic Kids

Traduzido por Gabriel Dias – Membro da Rede de Missão do YOUCAT BRASIL, como Voluntário no Núcleo de Tradução, e atualmente também participa de Grupo de Estudos YOUCAT DATING, em Brasília/DF.

Deixe seu comentário