santíssima trindade

É um mistério, mas tentaremos explicar.

A Trindade é a maneira que nós, católicos, acreditamos que Deus se revela ao mundo. O Catecismo da Igreja Católica nos diz que:  “O mistério da Santíssima Trindade é o mistério central da fé e da vida cristã” (CIC § 261).

A Igreja nos ensina que porque Deus é “mistério”, Ele tentou nos comunicar quem Ele é. “Mistério” significa que nós não podemos esgotá-lo, simplesmente não somos capazes de conhecer tudo o que existe para saber sobre Deus. Tradicionalmente, a Igreja expressou a revelação de Deus a nós como sendo Pai, Filho e Espírito Santo, três expressões ou “pessoas” de uma única essência divina. A Trindade é uma. Nós não acreditamos em três deuses, mas sim em um Deus, na unidade de três pessoas com uma única natureza divina. Parece confuso?

Uma analogia que poderia ser útil é pensar nos diferentes estados da matéria: sólido, líquido e gasoso. O gelo pode se tornar água e a água pode se tornar vapor. Todos estes possuem a mesma essência e contêm quantidades iguais de hidrogênio e oxigênio, mas eles aparecem em diferentes formas.

DEUS PAI

A igreja usa a imagem do Pai – o Criador de quem tudo saiu e que sustenta todas as coisas no seu ser – para expressar a primeira pessoa da Trindade. Enquanto o Filho e o Espírito Santo não são “deuses menores”, eles procedem do Pai como um dom do próprio Deus para a humanidade.

DEUS FILHO

A segunda pessoa da Trindade é o Filho – o próprio Jesus, o Deus que se faz homem. Nós católicos acreditamos que Deus escolhe livremente fazer parte da história humana na pessoa de Jesus. Deus se faz homem como nós e morre como nós por nós. Mas porque Jesus é Deus, Ele não pode ser parado pela morte e ascende a uma nova vida, supremamente melhor do que a experiência humana.

DEUS ESPÍRITO SANTO

A terceira pessoa da Trindade é o Espírito Santo, que procede do Pai e do Filho. Jesus anuncia que Seu Pai enviará o Espírito Santo para estar com e nos discípulos, para ensiná-los e guiá-los. O Espírito é a presença real de Deus vivendo em todos nós, Ele é quem nos inspira (que literalmente significa “inalar o Espírito”).

Deus é três “pessoas”, mas uma “essência”. O Pai é tanto “Deus” quanto o Filho e nenhum deles é “mais Deus” do que o Espírito.

Ainda confuso? Vamos tentar pensar nessas coisas de uma outra maneira. Em vez de “pessoas”, vamos substituir a palavra por “expressões” de Deus.

EXPRESSÕES DE DEUS

A Trindade pode ser entendida como essas três expressões:

1) Deus está “além de nós”

Nós nunca podemos realmente entender o que Deus é, mas sabemos que Ele está muito além de nossa limitada natureza ou de qualquer coisa que possamos conhecer através da experiência humana. Deus é o mistério supremo, a questão que nunca respondemos completamente. Este é Deus Pai – o criador, aquele que está além de todo entendimento.

2) Deus está também “entre nós”

Nós viemos a conhecer a Deus na pessoa de Jesus. Deus assume nossa natureza humana e se torna “um de nós”. Nós católicos também acreditamos que essa experiência humana de Deus continua no sacramento da Eucaristia. Deus Filho está entre nós.

3) Deus está também “dentro de nós”

Deus é a “centelha divina” que nos desperta para o fato de estarmos vivos. Deus nos infunde nossa criatividade, nossos dons e talentos e nossas limitações também. Quando passamos a nos conhecer como pessoas também conhecemos a Deus, que nos conhece melhor do que nós mesmos. Essa experiência de Deus é o Espírito Santo.

Deus é tudo isso e muito mais. Não sabemos tudo sobre quem Deus é, mas é assim que Deus foi se revelando a nós ao longo da história.

_________________

AUTOR: Mike Hayes

Mike é co-fundador do blog Busted Halo que nasceu em 2001. Atualmente, Mike é o diretor do apostolado universitário da Canisius College em Buffalo, Nova York. Um palestrante frequente no ministério para jovens adultos, Mike é o autor dos livros: “Googling God: The Religious Landscape of People in Their 20s and 30s” e “Loving Work: A Spiritual Guide to Finding the Work We Love and Bringing Love to the Work We Do”.

Fonte: Busted Halo

Traduzido por Ludmila Giacone – Membro da Rede de Missão do YOUCAT BRASIL, como Voluntária nos Núcleos de Tradução e Formação e atualmente também participa do Grupo de Estudo YOUFAMILY em Brasília – DF.

Deixe seu comentário